quarta-feira, 8 de abril de 2009

Visões sobre o Brasil

Depois de Lula ser chamado de “o cara” no encontro do G20 pelo maior dos caras da política atual, o Brasil passou a ser tema importante da agenda internacional. No dia de hoje, especificamente, o país aparece em dois dos maiores e mais respeitados veículos do mundo: reportagem na BBC News e artigo no The Wall Street Journal.

São textos que exaltam a importância do Brasil, mas sob ângulos completamente distintos.

Enquanto a BBC se dedica a comentar o poder econômico, o WSJ lança luz sobre a liderança do país numa aliança que conta com a parceria de Índia e África do Sul.

A BBC recorda o comentário de Obama sobre Lula em Londres – aliás, flagrado por suas câmeras mesmo – como gancho para citar algumas decisões recentes do governo brasileiro, como o plano anunciado por Guido Mantega no mês passado de destinar 34 bilhões de reais para a construção de um milhão de casas para trabalhadores de baixa renda.

“Pela primeira vez, as autoridades estão conseguindo responder a uma crise como um país desenvolvido, estimulando a economia em vez de retraí-la”, diz a reportagem.

No WSJ, Bruce Gilley, professor de Ciências Políticas da Universidade de Portland, defende que a política externa americana deve se preocupar com a atuação internacional brasileira, não dispensar todas as atenções para a China.

Segundo ele, a criação da IBSA (grupo formado por Índia, Brasil e África do Sul), em 2003, mostra que existe uma estratégia internacional coordenada entre esses países cujo objetivo é defender seus interesses nos organismos multilaterais. E vai além: o pacto pode se tornar um porta-voz dos países em desenvolvimento.

“O ímpeto de criar o organismo partiu do presidente Lula. Em junho de 2003, os ministros das relações exteriores dos três países deram início às atividades do grupo, em Brasília, pedindo o fortalecimento das instituições internacionais para que elas passassem a atender os Estados em desenvolvimento em áreas como pobreza, meio-ambiente e tecnologia”, diz.

3 comentários:

Wilson Maia disse...

Sr. Henry,
Recomendo a leitura do perfil do Marco Aurélio Garcia na revista Piauí.

Na matéria podemos vislumbrar a política internacional do Brasil a longo prazo.

Saudações,
Wilson Maia

Ana disse...

Não é a toa que o Lula é o "Político mais popular da Terra", né?

Quem diria que um dia nós iríamos dar pitaco nas resoluções e decisões mundias?! Mérito para o Brasil!!

Henry Galsky disse...

Obrigado, Wilson e Ana. Acho que o país está no caminho certo em relação à economia mundial.